Dimensão do elevador: Qual espaço reservar para o elevador em uma obra?

Dimensão de elevadores

Quando falamos da dimensão de elevadores, ou do tamanho do elevador, nos referimos ao espaço interno onde estão os passageiros; ou então nos referimos às dimensões da caixa de corrida, a estrutura civil que abriga o elevador.

Em um projeto, a definição correta dessas duas dimensões são de fundamental importância.

Se você chegou até esse post procurando saber mais sobre as medidas que envolvem a instalação de um elevador, chegou ao lugar certo.

O espaço interno define o número de pessoas que vão poder ser transportadas a cada viagem. Um espaço de grande importância para as condições de mobilidade dentro do prédio.

As paredes da caixa de corrida limitam o espaço disponível para a instalação do equipamento. Suas medidas definem qual tipo de elevador vai poder ser instalado no local.

Neste post, vamos abordar questões de quem está à frente de um projeto de edificação que irá receber um elevador.

planta de edifício
Os elevadores possuem papel central em edificações.

Para os projetistas, os maiores erros estão na hora de definir medidas. E estes erros saem caro. É por isso que projetistas e construtores devem se atentar a esta parte do projeto.

Guia Prático Para Comprar Um Elevador

GRATUITO

EBOOK

Modelos e Preços

Atualizado Para 2022

Medidas Necessárias

Fornecedores Especializados

Dada a importância dessas definições, é natural e até desejado que existam dúvidas e um cuidado especial ao tratar das dimensões dos elevadores.

Vamos ver as considerações principais para definir itens relevantes como dimensões do poço, largura e tipo de portas de pavimento, dimensões da casa de máquinas, e considerações de acessibilidade.

Se você gosta de conteúdos por vídeo, eu aproveito para deixar uma indicação para você. Nós recentemente preparamos um vídeo mostrando um passo a passo completo para você comprar o elevador em um empreendimento.

Para comprar um elevador, além de preocupar com as dimensões você vai precisar de comparar fornecedores, comparar equipamentos e saber conferir a instalação do equipamento no local. Nesse vídeo, estamos falando sobre tudo isso.

Comprando um Elevador

Então agora vamos nos aprofundar no tema de dimensões do elevador. Organizei este post da seguinte maneira:

  • Dimensão dos elevadores
  • Tamanho da caixa de corrida
  • Tamanho das portas do elevador
  • Dimensão do poço do elevador
  • Dimensão da casa de máquinas do elevador
  • Planejamento para escolher o elevador
  • Conclusão

Você pode clicar no tópico para ir diretamente para um tema que deseja. Ou pode ir passo a passo junto comigo. Até o fim deste texto, você vai estar ciente das dimensões mais importantes a se atentar em um projeto de elevador. Vamos começar.

Dimensão dos elevadores

Muitos projetistas querem uma resposta direta para saber o espaço total para reservar ao elevador.

Mas a ordem recomendada é pensar primeiro na funcionalidade do ambiente interno da cabina. O espaço total para o elevador dependerá diretamente desta medida.

Na parte interna do elevador se acomodarão as pessoas. Elas precisam de espaço para entrar e sair do elevador. Cadeirantes possivelmente farão manobras para se locomover. Mudanças e transporte de objetos serão feitos.

Qual a medida do elevador?

É fácil perceber que um maior espaço interno dará mais possibilidades e conforto aos passageiros. Ao mesmo tempo que essa adição de espaço às vezes custa caro ao construtor.

Acessibilidade

Quando pensamos nas pessoas com dificuldade de locomoção e necessidades especiais, fica fácil lembrar da necessidade de ter um espaço adicional para incluir um corrimão na cabina, e de um espaço adequado para a movimentação de uma cadeira de rodas.

A norma que trata especificamente de acessibilidade em elevadores é a NM 313.

As medidas para elevadores de 6 e 8 passageiros são as seguintes:

Elevadores de 8 passageiros (600 Kg): Área mínima interna de 1,10 ,m x 1,40 m.

Elevadores com capacidade de 6 passageiros (450 Kg): A largura interna deve ser de 1,00 m e o comprimento de 1,25 m.

Temos também que altura livre interior da cabina deve ser de pelo menos 2 metros, bem como a altura de sua entrada.

Então no seu projeto, lembre-se da acessibilidade. Lembre-se de criar ambientes de uso versátil, pois eles valorizam o edifício.

Bons projetos vão evitar ambientes que criem dificuldades de locomoção.

Observe o crescimento de área requerida da cabina para o aumento de número de passageiros na cabina.

Número de passageirosÁrea máxima da cabina m²
3 pessoas (PNE)1,20
5 pessoas1,10
6 pessoas1,30
7 pessoas1,45
8 pessoas1,60
9 pessoas1,75
10 pessoas1,90
11 pessoas2,05
12 pessoas2,20
13 pessoas2,35
14 pessoas2,50
15 pessoas2,65

Além de um ambiente adequado dentro da cabina, vamos pensar qual é a medida que precisaremos para os componentes da caixa de corrida.

Tamanho da caixa de corrida

A área interna da cabina do elevador não é o único espaço que precisamos de reservar para o elevador funcionar.

Vamos precisar espaço para acomodar componentes necessários ao funcionamento do equipamento. Componentes como guias, cabos e portas.

Veja nessa imagem abaixo. Observe os componentes que ficam nas laterais da caixa, junto das paredes, eles também requerem espaço para a instalação.

caixa de corrida do elevador

A área interna da cabina será envolvida pela própria estrutura da cabina, que demandará certo espaço. Para além da estrutura da cabina, normalmente é necessário em torno de 50 cm adicionais em cada dimensão (largura e profundidade) para acomodar os outros componentes.

A relação entre a área interna da cabina e a área da caixa de corrida irá variar com o tipo de equipamento e marca do elevador. Alguns elevadores precisarão de mais espaço para acomodar componentes e outros, menos espaço.

Aqui iremos dar alguns exemplos de como esses tamanhos entram na prática.

De forma geral, as dimensões internas das caixas variam entre 1500 mm x 1500 mm (elevadores pequenos) até caixas de 2000 mm x 2500 mm (elevadores grandes).

Veja este exemplos mostrando dois modelos de elevador que ilustram isso.

Exemplo 1 – elevador pequeno COMPAQ (Villarta), 6 passageiros: caixa de corrida mínima 1600 mm x 1600 mm.
Exemplo 2 – elevador grande, COMPAQ (Villarta), 16 passageiros: caixa de corrida mínima 2400 mm x 1900 mm.

Quando for entrar na otimização do uso do espaço no projeto, você vai precisar de consultar as tabelas de especificação de dimensões elaboradas pelas empresas fornecedoras, para poder direcionar sua parte civil para uma medida otimizada.

Se atente para o fato de que as dimensões exigidas variam de empresa para empresa. Portanto ao utilizar uma medida de um fornecedor sem tomar a devida atenção aos outros fornecedores, você pode acabar limitando a escolha de equipamentos.

O principal neste momento é evitar utilizar alguma dimensão que limite suas escolhas no futuro.

Por ser uma parte central na construção, muitas outras do projeto estrutural do edifício estão vinculadas às medidas da caixa de corrida do elevador.

Essa é mais uma razão para ser cuidadoso nesta definição, e já vimos projetos inteiros serem refeitos por conta deste tipo de erro. Por isso recomendamos os construtores avaliarem essas possibilidades com antecedência.

Agora observe como a área da própria caixa de corrida se relaciona com a área interna da cabina e com o número de passageiros permitidos.

Número de passageirosÁrea máxima da cabina m²Área estimada da caixa de corrida m²
3 pessoas (PNE)1,202,20
5 pessoas1,102,40
6 pessoas1,302,70
7 pessoas1,452,80
8 pessoas1,602,90
9 pessoas1,753,30
10 pessoas1,903,60
11 pessoas2,053,80
12 pessoas2,204,00
13 pessoas2,354,20
14 pessoas2,504,50
15 pessoas2,654,80

Tamanho das portas do elevador

As portas dos pavimentos são outro ponto importante de atenção ao construtor.

Qual espaço reservar para a instalação dela no corredor? Qual tamanho de porta a se utilizar? Utilizar porta de abertura central ou abertura lateral?

Essas são as principais dúvidas a serem respondidas.

Hoje em dia, as portas automáticas são item de segurança obrigatório para a maior parte dos elevadores. Portas manuais estão restritas somente à projetos unifamiliares.

O vão da porta deve ter no mínimo 0,80 m de largura por 2,00 m de altura (NM 207).

No mercado, as portas de pavimento são vendidas com vão normalmente de 80 cm, 90 cm ou 1,00 m.

porta do elevador

Porta de pavimento com abertura central

Portas de abertura central abrem mais rapidamente do que uma porta de abertura lateral. Por isso, ela agiliza a entrada e saída de passageiros. Elas ocupam mais espaço, mas tendem a ser melhores para cabinas mais amplas e para edifícios comerciais.

Um ponto que o construtor deve observar é que, do lado de dentro da caixa de corrida (foto abaixo), a porta ocupa um espaço bem maior do que o espaço que a porta ocupa no hall do elevador (foto de cima). É o espaço adicional necessário para a porta se movimentar.

Caixa de corrida do elevador

Uma porta de abertura central que tenha o vão de 0,80 m por exemplo, exige 1,80 m de parede da caixa de corrida para ser instalada. Observe nessa foto o espaço lateral necessário para a porta se movimentar.

Porta de pavimento com abertura lateral

porta do elevador

Portas com abertura lateral podem ser instaladas utilizando menos espaço da parede da caixa de corrida. Por isso é a solução mais empregada em edifícios residenciais. Por exemplo, para a mesma porta de 0,80m a dimensão da caixa deve ser de 1,60m.

Última altura

Outro ponto de atenção que necessariamente você irá se deparar quando for instalar um elevador no seu projeto é o que se chama de última altura da caixa de corrida.

Acima do último pavimento superior, existem distâncias de segurança da instalação do elevador a serem respeitados.

Seu projeto deverá levar isso em conta.

O pé direito do ultimo pavimento na parte de dentro da caixa de corrida é maior do que os demais pavimentos. É a medida B no esquema abaixo. Preparamos este diagrama para ficar mais fácil a visualização:

caixa de corrida do elevador
                                           Dimensões mínimas
Velocidade (m/s)Capacidade (pessoas)A (m)B (m)C (m)
0,756-101,504,152,35
1,006-101,604,202,35
1,256-101,654,252,35
1,506-101,654,252,80
1,7510-171,704,502,80
2,0010-171,704,502,80
2,5012-171,854,502,80
3,0012-204,005,803,00

Nesta tabela você ainda consegue observar como as medidas de poço e de caixa de corrida alteram com o uso de elevadores mais velozes ou maiores.

Seu projeto deve reservar o espaço de última altura para possibilitar receber os componentes do elevador.

Dimensões do poço do elevador

O que chamamos até então de medidas da caixa de corrida do elevador, muitas vezes é referido no mercado como medida do poço do elevador.

Como já tratamos da largura e profundidade da caixa de corrida, agora vamos falar da altura do poço.

A altura do poço também é uma medida especificada por questões de segurança para o funcionamento do elevador. Esta distância cria espaço para componentes obrigatórios de amortecimento para caso o elevador ultrapasse o último pavimento inferior.

Ela é também deve ser escolhida de acordo com o tipo de equipamento a ser instalado.

poço do elevador
Imagem mostrando o poço de um elevador

Sua largura e profundidade será igual as medidas da caixa de corrida.

Na tabela que mostramos na seção anterior, ela é a medida A apresentada. Você pode ver que a sua altura irá variar de acordo com sua velocidade e capacidade. Para elevadores com altas velocidades e grandes capacidades a sua altura irá aumentar consideravelmente, pois serão necessário componentes de amortecimento maiores.

Uso ou não de casa de máquinas – e suas dimensões

Vale a pena se atentar projeto a projeto para a viabilidade ou não do uso de uma casa de máquinas para o elevador.

A facilidade criada em termos de manutenção do equipamento é o principal benefício para o uso de uma casa de máquinas. Quando é o caso, a casa de máquinas também permite a instalação de equipamentos mais robustos e duráveis.

O ponto realmente positivo dos elevadores sem casa de máquinas é o pouco espaço que ele utiliza no prédio. Este é um fator muito atraente para muitos construtores e por isso hoje em dia muitos elevadores tem sido instalado dessa forma.

Quando o elevador é sem casa de máquinas, a ultima altura do elevador é maior para receber os equipamentos do elevador no topo da caixa.

O dimensionamento da casa de máquinas irá variar de prédio para prédio, de acordo com o equipamento a ser instalado.

A área da casa de máquinas sempre será maior que o dobro da área da caixa.

casa de máquinas do elevador 1

Planejamento para escolher o elevador

As dimensões do elevador se definem sempre a partir das características do próprio empreendimento. O elevador tem objetivo funcional dentro da construção. Imóveis com maior fluxo de pessoas precisam de elevadores maiores.

Algumas das principais características do empreendimento a serem observadas são.

  • Qual o tipo de empreendimento? (Residencial, comercial, hospitalar, educacional)
  • São quantos andares?
  • Qual a frequência de uso?
  • Precisa atender regras de acessibilidade?

Essas características de projeto irão afetar a escolha do equipamento. Uma boa prática é comunicar claramente essas características sempre que for tratar o assunto do elevador com fornecedores e projetistas envolvidos.

Cálculo de Tráfego

O elevador deve ser dimensionado e especificado levando o fluxo de passageiros que o edifício receberá. Ele deve ser suficiente para transportar as pessoas do prédio.

Se você estiver tratando de um projeto multifamiliar, ou comercial, isso deverá ser feito formalmente através do que chamamos de cálculo de tráfego.

O cálculo de tráfego é uma metodologia de cálculo normatizada e já consolidada no mercado. Ele define o mínimo de elevadores que podem ser utilizados em um projeto. Normalmente deve ser apresentado junto à prefeitura para a regularização do imóvel.

A norma que trata deste assunto é a NBR 5665: Cálculo de Tráfego em elevadores.

É possível que neste momento que você está lendo você ainda não possua essa análise, e isso não tem problema.

Ao começar, precisamos é de uma noção inicial de medidas para avançar no projeto. E é para isso que vamos olhar agora.

Conclusão

Eu não sei você, mas a primeira vez que tive contato com a engenharia e arquitetura por trás da instalação de um elevador foi algo muito surpreendente para mim.

As primeiras vezes que eu acompanhei obras em que eram instalados elevadores, eu fiquei surpreso com a praticidade e com a tecnologia que se utiliza para montar estes equipamentos dentro das construções.

Do meu ponto de vista, as possibilidades criadas pelos elevadores nos projetos são de fato apaixonantes. Este equipamento é a espinha dorsal das construções modernas.

Neste post nós fomos atrás dos pontos de atenção para a parte civil que envolve a instalação do elevador. Mantenha os dois olhos nestes detalhes no seu projeto.

Vimos que reservar um espaço adequado para a cabina e pensar em questões de acessibilidade criam real valor para o empreendimento.

E tratamos de pontos importantes da especificação do equipamento como escolha das portas de pavimento e uso de casa de máquinas.

Para finalizar, duas coisas.

Deixe um comentário me falando como este post te ajudou, ou os desafios atuais que você encontra no seu projeto.

E, finalmente, vou deixar este link para este conteúdo especial que preparamos para vocês.

O nosso passo a passo completo, onde tratamos questões específicas sobre selecionar empresas, selecionar produtos. E onde também falamos sobre questões práticas na hora de receber o elevador no seu prédio.

Aqui está o link. Até mais!

◊   Passo a Passo Completo para Comprar um Elevador

link para video explicativo de como comprar um elevador

Guia Prático Para Comprar Um Elevador

GRATUITO

EBOOK

Modelos e Preços

Atualizado Para 2022

Medidas Necessárias

Fornecedores Especializados

Sobre o autor

Vai Comprar um Elevador?

Você pode economizar até 15 mil reais com a nossa ajuda.